sábado, 16 de janeiro de 2010

VBA

O Visual Basic for Applications (VBA) é uma implementação do Visual Basic da Microsoft incorporada em todos os programas da suite Microsoft Office. Além dessa outros produtos da Microsoft também apropriaram-se da linguagem devido a flexibilidade e abrangência que essa estendia. Com o tempo, programas de terceiros (Primavera Software) incorporaram por completo ou parcialmente.


O Microsoft VBA é uma tecnologia de desenvolvimento para criar aplicativos empacotados do lado cliente (desktops) e integrá-los aos dados e sistemas existentes. O Microsoft VBA é baseado no sistema de desenvolvimento do Microsoft Visual Basic. Os produtos Microsoft Office incluem o VBA e usam-no para executar determinadas funções. O VBA também pode ser usado para criar aplicativos personalizados com base em um aplicativo host existente.

O Visual Basic for Applications substituiu e ampliou a capacidade das linguagens anteriormente disponíveis como programação de macro, as quais além de serem proprietárias, não eram completas.

O Visual Basic for Applications fornece um IDE (ambiente de desenvolvimento integrado) que oferece os mesmos elementos conhecidos dos desenvolvedores que usam o Microsoft Visual Basic, incluindo uma Janela de projectos, uma Janela de propriedades e ferramentas de depuração. O Microsoft VBA também inclui suporte para o Microsoft Forms, para criação de caixas de diálogo personalizadas e Controles ActiveX®, para criação de interfaces do utilizador. O VBA é integrado directamente ao aplicativo host. Os programas de software que incluem o VBA são chamados de aplicativos personalizáveis – aplicativos que podem ser ajustados de acordo com as necessidades específicas dos negócios. O Microsoft Office é um dos vários aplicativos que incorporam o Microsoft VBA, permitindo que os clientes desenvolvam aplicativos personalizados com base no Microsoft Office. Há também outros aplicativos de terceiros que incorporam o Microsoft VBA, por exemplo, Primavera Software.

O Visual Basic for Applications é usado para controlar todos os aspectos da aplicação anfitriã. entre estes estão:

:: A manipulação da interface da aplicação

:: Alteração e criação de Menus e Barra de ferramentas

:: Desenvolvimento de interface (Formulários) pelo programador

:: Manipulação de objectos da aplicação

:: Extração e tratamento de dados de outras aplicações, bases de dados,

Data Warehouse, BI, Cubos OLAP, ROLAP, Acesso via ODBC, etc...

ABRANGÊNCIA

Conforme sugerido pelo nome, Visual Basic for Applications, o VBA apesar de similar ao Visual Basic só funciona a partir de um dos programas da suíte MS Office ou outros produtos que adquiriram tal funcionalidade. O código desenvolvido só "roda" dentro da aplicação, não sendo possível a execução a parte da aplicação.

A melhor das características é a possibilidade de manipulação das aplicações usando o DDE (Intercâmbio Dinâmico de Dados [Dynamic Data Exchange] - Protocolo para troca de informações entre aplicativos no Windows), por exemplo:

:: Um relatório pode ser mostrado no MS Word a partir de dados oriundos do MS Access

:: Dados em diversas folhas de cálculo MS Excel podem ser consolidados e mostrados em relatórios MS Access

:: Gráficos, actualizados dinamicamente, a partir de dados do MS Excel podem ser exportados e actualizados directamente no MS Powerpoint

:: E-Mails podem ser enviados a partir da lista de contactos do MS Outlook contendo apresentações MS Powerpoint actualizadas pontualmente por dados contidos no MS Access

As possibilidades são inúmeras e a dinamicidade dos negócios pode ser grandemente implementada nas aplicações.

A tecnologia do Visual Basic for Applications permite oferecer a flexibilidade necessária para integrar soluções específicas dentro dos canais de informação disponíveis.

DOSSIER FISCAL - Actualização ao ficheiro de apuramento do IR

As empresas têm que cumprir um conjunto de obrigações fiscais e contabilísticas relativas ao ano fiscal. Pela sua importância no cumprimento destas obrigações fiscais, cabe ao Técnico Oficial de Contas preparar este Dossier, reunindo os documentos elaborados pela gerência ou administração da empresa, para que este fique completo e demais documentos para suporte das operações consignadas no artigo 58º e 59º, do CIRC. Importa relembrar que, estes documentos para serem válidos devem ser rubricados pela gerência ou administração de forma a responsabilizar os intervenientes e fazer fé da verdade das peças contabilísticas e, informações que levaram a operações contabilísticas, tais como, provisões para cobrança duvidosa, gratificações, operações internas no grupo, etc.


Deixo aqui um upgrade ao formulário do apuramento do IRC, com um check list das peças contabilísticas, informações que deverão constituir o Dossier Fiscal.

Os ficheiros disponibilizados foram elaborados no Microsoft Office 2007. A conversão para o Microsoft Office 2003, perde algumas funcionalidades e poderá ocorrer algumas incoerências.

Ficheiro: http://www.box.net/shared/ye1xg2so92

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Inserir o Balancete no Formulário IRSIRC2009

A pedido do Técnico de Contas, João Capítulo, apresento os procedimentos para incorporar o balancete de qualquer empresa no formulário:
  1. No programa da Primavera Software, vá ao item exploração.
  2. Balancetes
  3. Balancete analitico acumulado até ao mês 13
  4. Actualizar
  5. Colocar o rato em qualquer parte do balancete e clicar no lado direito do rato e aparece varios tipos de operações
  6. Exportar em Ms Excel
  7. Dar um nome ao ficheiro e guardar numa pasta do tipo Balancetes de Fecho 2009.
  8. Abrir o ficheiro que guardou
  9. Seleccionar a coluna ABCDE e copiar
  10. Abrir o ficheiro de excel com o nome Formulário IRSIRC2009
  11. Vá ao painel de controle
  12. Abra a folha com o nome Dados Contabilisticos Ano N #Mês 13#
  13. Colocar o rato na célula A1 e colar
  14. Volte ao painel de controlo
  15. Clique em Apuramento do RAI e Q 10
  16. Encontre a célula que tem o RAI
  17. Aqui tem uma soma de controle da exportação...se tem um valor a zero e uma informação do tipo "Os somatórios estão correctos pela Contabilidade"
  18. Parabéns...o excel conseguiu fazer a ordem que deu.
  19. Siga todas as links e preencha o que tem que preencher.
Para quem tem uma única empresa e percebe de ligações as bases de dados, pode linkar direitamente para o Formulário IRSIRC2009. Para quem percebe um pouco mais, dando instruções em visual basic consegue num único ficheiro pedir os dados de todas as empresas sem perder tempo em exportar os balancetes.

Espero que a informação seja útil e bom trabalho.

domingo, 3 de janeiro de 2010

Estatística das visitas

-- Site Summary ---

Visits

Total ........................................................................... 60

Average per Day .......................................................... 8

Average Visit Length ............................................... 5:23

This Week ................................................................ 56

Page Views

Total ...................................................................... 210

Average per Day ..................................................... 28

Average per Visit ................................................... 3.5

This Week ............................................................ 196


As visitas são significativas face as minhas expectativas e são um pretexto para trabalhar mais e melhor na informação a disponibilizar.

Agradeço comentários sobre a informação e ficheiros disponibilizados de forma a melhorar as aplicações e a informação.